Piscina em condomínio: Normas de conduta a defenir

Com a chegada do verão os mergulhos nas piscinas dos condomínios tornam-se bastante convidativos. No entanto, para que a sua utilização seja correta, é necessário que se estabeleça um conjunto de normas, do qual devem fazer parte do regulamento do condomínio, tais como:

  • Aprovar normas no acesso à piscina (se a sua frequentação é exclusiva aos condóminos ou se se estende familiares e amigos);
  • Cedência das instalações para a realização de festas de aniversário, ou outro tipo de eventos; 
  • Horários de acesso às instalações;
  • Regras de higiene e vigilância (com especial atenção ás crianças).

Cabe também à administração sensibilizar os condóminos para com o procedimento durante a utilização na piscina, através de algumas ações, como:

  • Não correr à volta da piscina, evitando quedas que podem ser graves;
  • Proibição de empurrões e mergulhos aparatosos;
  • Desencorajar gritos que podem incomodar os moradores;
  • Evitar a utilização de bóias e colchões, pois podem virar ou romper e originar situações de perigo;
  • Não deixar brinquedos ou outros objetos junto à piscina, pois as crianças podem vê-los e querer apanhá-los, caindo na piscina;
  • Nunca deixar as crianças sem a vigilância de um adulto;

Tenha cuidado, pois toda a atenção é pouca!!!